Prevenção

Tudo O Que Você Precisa Saber Sobre Outubro Rosa

Tudo O Que Você Precisa Saber Sobre Outubro Rosa
19 outubro, 2021
Conhecido como o mês da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama, o Outubro Rosa é celebrado desde os anos 90. O objetivo da campanha é fornecer informações sobre a doença, promovendo maior acesso aos serviços de diagnóstico.
Todo ano, monumentos são iluminados nos mais diversos tons de rosa com a intenção de expor ao mundo a importância da luta contra o câncer de mama. Isso porque essa doença é considerada uma das responsáveis pelo maior número de mortes de mulheres em todo o mundo.
Para te ajudar a entender mais sobre essa campanha e como ela surgiu, a equipe Life Derm Cosméticos preparou um artigo especial sobre o assunto. Continue a leitura para saber mais sobre o movimento e as formas de prevenção!
O que é Outubro Rosa?
A campanha Outubro Rosa tem como principal objetivo alertar a população sobre a importância da prevenção do câncer de mama por meio do diagnóstico precoce. Neste mês, mulheres entre 40 e 70 anos são aconselhadas a fazer a mamografia, um exame capaz de detectar a presença do nódulo cancerígeno.
Esse movimento começou na década de 90 nos Estados Unidos com a intenção de estimular a participação de todos na prevenção ao câncer de mama. Em geral, as campanhas são divididas da seguinte forma:
Transmitir informações sobre a doença;
Estimular a atenção das mulheres sobre o assunto;
Investigar alterações suspeitas no corpo da mulher,
Reforçar benefícios e riscos da mamografia de rotina, deixando a mulher livre para decidir onde será realizado o exame.
Para isso, são realizadas diversas atividades com o objetivo de promover a conscientização do câncer de mama, compartilhando informações detalhadas sobre a doença. Dessa forma, é possível reduzir os riscos e, consequentemente, o índice de mortalidade.
Vale lembrar que a campanha ajuda a aumentar as chances de cura, já que quando a doença é detectada precocemente há mais opções de tratamento. Por isso, fazer o exame de câncer de mama com regularidade é fundamental.
Outubro Rosa no Brasil: como começou?
A primeira iniciativa em relação ao Outubro Rosa no Brasil aconteceu em 2002, quando o monumento Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo, recebeu uma iluminação dessa cor. A ação foi impulsionada por um grupo de mulheres simpatizantes ao movimento em conjunto com uma empresa europeia.
Seis anos depois desse feito, a campanha passou a tomar forma no país. Em 2008, diversas empresas passaram a iluminar prédios e monumentos pelas cidades brasileiras como forma de demonstrar apoio à causa. Entre as principais cidades estão São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Salvador, Teresina e muitas outras.
Como fazer o autoexame?
O autoexame é recomendado para todas as mulheres a partir dos 20 anos. Fazê-lo regularmente, além de aumentar o conhecimento sobre o próprio corpo, ajuda a identificar possíveis alterações nas mamas.
Para isso, coloque a mão direita atrás da nuca, com o cotovelo voltado para cima. Delicadamente, deslize a outra mão, apalpando a mama com as pontas dos dedos. Isso deve ser feito em movimentos circulares, tomando cuidado para não causar dor ou desconforto. O movimento deve começar nas axilas e ir até os mamilos.
Durante a avaliação, é muito importante observar se há regiões mais densas ou com caroços. Em seguida, pressione delicadamente o mamilo para verificar se há saída de líquidos. Ao finalizar esse passo a passo, troque a posição dos braços e repita o mesmo processo.
VISITE UM MÉDICO ESPECIALIZADO
Encontrou alguma alteração nas mamas durante o autoexame? O primeiro passo é manter a calma e procurar o ginecologista ou o mastologista (médico especialista em mamas) o mais rápido possível.
Vale lembrar que é essencial realizar a mamografia a cada dois anos, principalmente se você tem entre 50 e 69 anos. Dessa forma, é possível identificar possíveis problemas de forma mais rápida, aumentando as chances de cura.
Continue navegador por nossa loja😉😉🤝🤝

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *